MENU

O que é termostato? Características e Funcionamento!

Você já ouviu falar em termostato? Sabe para que serve um termostato ou como ele funciona? Este é um componente que costumamos ouvir muito o seu nome, mas que não são todos que sabem as suas características! Para te ajudar entender melhor este componente, o Manual da Eletrônicas responde essas e outras perguntas, vale a penas ler até o final!

O que é termostato

Para quem não conhece o termostato, ele é um componente comumente usado na automação de processos, sendo que a sua principal função é identificar variações de temperatura em um determinado ambiente. Dessa forma o termostato é capaz de corrigir estes valores de temperatura, assim mantendo ela dentro de uma faixa aceitável, conforme o valor previamente configurado.

Como funciona um termostato e para que serve!

O que é termostato e como funciona!

Aplicações do termostato

Por causa das características dos termostatos, eles são muito utilizados em diversos tipos de aparelhos, equipamentos, e sistemas que necessitam identificar e corrigir variações de temperaturas. Entre as suas muitas aplicações, os termostatos podem ser encontrados em diversas locais, tais como:

Como funciona o termostato

A função do termostato é basicamente controlar a temperatura em determinados ambientes, de acordo com os valores configurados. Portanto, a parte responsável por manter estes valores dentro de uma determinada faixa é o regulador.

Para controlar estes valores é necessário de um sistema, que é formado basicamente por dois componentes, que são os sensores e os reguladores. Estes sensores possuem a função de identificar e indicar a variação térmica que o sistema sofreu.

Os reguladores têm a função de controlar essa variação, dessa forma corrigindo os desvios de temperatura e mantendo o ambiente dentro da faixa de valores aceitáveis. Vale a pena destacar que existem vários tipos de termostatos, mas neste caso iremos focar no termostato bimetálico.

Termostato bimetálico

São muitos os tipos de termostatos, sendo que eles são utilizados de acordo com os limites de temperatura de trabalho, além das condições de uso de cada componente dentro do seu respectivo sistema.

Entre os vários tipos de termostatos disponíveis no mercado, sem dúvidas o termostato bimetálico é um dos tipos de termostato mais conhecido, pois é aquele que podemos encontrar em diversos modelos de ferro de passar roupas por exemplo!

O termostato bimetálico é composto por duas chapas de materiais diferentes, sendo que elas são fundidas. Ambas as chapas são formadas por metais com coeficientes de dilatação distintos, isso significa que a capacidade de expansão delas é diferente, variando de acordo com o aquecimento sobre as placas.

Os metais utilizados para compor essas chapas são geralmente de cobre, ferro, aço ou latão, onde a sua aplicação vai depender da função a ser desenvolvida. Pelo fato de serem materiais distintos, cada chapa irá dilatar de uma maneira diferente, assim uma chapa terá um tamanho menor do que a outra, fazendo com que o conjunto forme uma curva para o lado com menor dilatação.

Para que o circuito seja acionado, é inserido um contato elétrico na ponta do conjunto. Caso ocorra uma variação nos valores de temperatura do sistema, as chapas se curvam, conectando ou desconectando do contato, impedindo ou não a passagem da corrente elétrica.

Termostato, funcionamento e aplicações!

Funcionamento do termostato bimetálico!

Recomendações de uso do termostato

Sem dúvidas os termostatos são de extrema importância no controle de temperatura em várias aplicações, porém é necessário ter alguns cuidados para que o sistema opere da maneira mais eficiente possível, então veja essas duas dicas a seguir!

Conhecer o termostato

O primeiro passo para usar corretamente o termostato é ter conhecimento das suas características! É preciso ler com cuidado as especificações dos termostatos, pois elas indicam as melhores condições de uso e funcionamento do equipamento. Isso é justamente para que o termostato não seja submetido a situações adversas, levando-o ao seu limite de operação e causando danos irreversíveis

Posicionamento do termostato

O termostato possui um sensor que identifica a temperatura do ambiente, portanto, o local onde o equipamento é posicionado pode influenciar na medição, causando divergências e dessa forma afetar o controle do processo. Por este motivo é fundamental que o sensor do termostato esteja posicionado na região próxima ao local que será preciso controlar a temperatura!

Caso você queira aprender mais sobre o termostato, abaixo tem um vídeo do canal Mundo da Elétrica sobre termostatos e protetores térmicos, vale a pena assistir!

Finalizamos mais uma artigos e caso tenha gostado, compartilhe para que mais pessoas possam aprender eletrônica. Se tiver ficado alguma dúvida ou curiosidade, deixe nos comentários que iremos responder!

Deixe um comentário